segunda-feira

ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Sabe bem caminhar pelas ruas cinzentas com o meu tocador nos ouvidos e o frio a acariciar-me a cara, a sentir-me em casa. Quase parece que fui de férias para me assegurar que vivo no sítio certo. Depois de me empaturrar de croissants e café, de ir à sauna e tapar o furo na bicicleta, talvez me passe pela cabeça contar algo sobre onde andei. Por agora estou a gozar a possibilidade do silêncio e de estar só. Sem necessidades de tampões para os ouvidos ou meditações.

4 comentários:

Helena disse...

ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Voltaste!
Quando quiseres fazer um intervalinho no silêncio, conta:
quantas moscas viste?

abrunho disse...

Nao sei quantas moscas, mas posso dizer que vi mais vacas.

Helena disse...

vacas sem moscas?!
devem ser geneticamente manipuladas...

abrunho disse...

As moscas que vi não estavam com as vacas, mas com certas áreas humanizadas. As moscas indianas podem somente ter um diferente estilo de vida. As vacas indianas têm de certeza. Até vão à praia.