sexta-feira

Religião encapuçada vs Ciência

Penso que o assunto mais abordado por mim nestes três meses de blogue foi a Concepção Inteligente (ver abaixo ligações). Provavelmente porque como pessoa que trabalha no mundo da ciência, é para mim desconcertante e até, a certo nível, assustador assistir ao eruptir de uma guerra entre a religião e a ciência. Já não é suficiente aprender a comunicar ciência. Agora é preciso aprender a defender a ciência de fundamentalistas.

Sendo que a batalha do ensino da Concepção Inteligente nas escolas secundárias se desenrola nos EUA, o campo de acção passou aos tribunais. Onze pais apoiados por dois grupos de pressão (American Civil Liberties Union e Americans United for Separation of Church and State) interpuseram uma acção judicial para que a escola dos seus filhos (Dover perto de Harrisburg, Pennsylvania) seja proibida de apresentar a Concepção Inteligente como uma teoria ao mesmo nível da Teoria da Evolução Natural.

Se os pais perderem, a ciência perde no país. Se ganharem, é uma batalha numa escola, mas uma importante batalha.

Assim, relativamente à Concepção Inteligente, publiquei:
definição de conceitos
contra-ataque humoroso
crítica a texto do Afixe
comentário de um leitor do "New Scientist"

E fiz ligações ao "A barriga de um arquitecto" para uma
deliciosa alegoria e ao "Conta Natura".

2 comentários:

xipsocial disse...

Bom apanhado desta discussão persistente. É bastante claro para alguns a ausência de dúvidas sobre estas questões, mas ainda nos deparamos com uma falta de credo na ciência, incrível.

abrunho disse...

As pessoas escolhem a ciencia que lhes da geito. A incoerencia e muito humana.

Parece-me que uma luta do futuro ira ser na delimitacao entre religiao e estado, religiao e ciencia. Temos que aceitar que o comodismo passara a ser um luxo a que os seculares nao se poderao alambuzar.